Main Page – Principal

O design de interiores é uma ciência, mas também é uma arte. Uma linha muito tênue separa esses dois e alguns profissionais tendem a cair mais para um lado que para o outro. O estudo da profissão de decorador permite a você entender melhor como as engrenagens da decoração funcionam em conjunto, mas o senso de arte que você tem vai mostrar qual caminho deve seguir.

A decoração é um meio transformador de sentir ambientes. Como decorador de interiores, conseguimos passar para as pessoas as emoções que queiram que sintam quando entram ou quando estão em um ambiente. É algo muito gratificante ver como as pessoas reagem àquilo que queremos que elas sintam.

A decoração não precisa ser algo caro. A simplicidade é uma tendência antiga da decoração que começou a se tornar cada vez mais popular nos últimos anos. Talvez seja pelo fato de que as nossas vidas se tornaram muito carregadas, as pessoas estão sobrecarregadas e não possuem tempo para nada. O stress é algo muito presente no nosso cotidiano e a decoração encontrou na simplicidade uma maneira de fugir de toda essa loucura.

Não existe decoração perfeita, porque como já falei a decoração também é uma arte. Pense nesse escada da foto, quantos pendentes você conseguiria encontrar que dariam o mesmo efeito que esse possui? Vários. O seu resultado é subjetivo. Enquanto estiver gostando da sua decoração, mantenha ela do jeito que está. Assim que passar a sentir que ela não está mais agradando você, mude. Envolva-se num projeto para redecorar o seu ambiente.

Espero que tenha gostado do nosso artigo. Queria colocar as coisas que eu sinto no coração a respeito da nossa profissão no papel para tentar ajudar alguém que possa ter essas dúvidas a entender melhor qual é o papel do decorador e o que você pode fazer sem ter muitos custos para modificar os seus ambientes.